domingo, 27 de março de 2011

Primeiro beijo


Por Dani Moreira

Era um dia de sábado. Fim de tarde, pôr-do-sol, lá no Farol da Barra . Ela, bem à vontade e elegante trajando um confortável vestidinho e sandálias rasteiras. Ele, como sempre despojado, de bermudão, camiseta e o seu inseparável boné.

Sentaram-se em um banco, de frente para o mar, de onde podiam contemplar a beleza do sol ao tocar o imenso mar azul. Realmente era uma bela vista! Conversa vai, conversa vem e a temperatura esfriou. Ela sentiu frio. Ele prontamente a toma em seus braços e a agasalha com o calor do seu corpo, é claro, donde ela se aninha e passa a ouvir as batidas do seu coração que bate compassadamente. Seus corpos se aquecem. Acendem-se. Nunca haviam estado tão próximos um do outro, ainda não haviam tido tanta intimidade.

Conversam. Trocam palavras carinhosas, amorosas. Aproximam-se um pouco mais, se abraçam, se acariciam. Ele suavemente alisa e admira o rosto da bela moça que fixa o olhar no seu. Que belos olhos ele tem! Pensa ela. Olhos da cor do mel e como o mel, doce e encantador. Permanecem nesse estado de contemplação por alguns segundos. Parecem hipnotizados. Até que lentamente seus lábios se aproximam, se aproximam... E se tocam! Nesse instante, ambos são tomados por um misto de boas sensações.

Era um beijo doce, calmo, quente, apaixonado que ia tomando intensidade e se tornando cada vez melhor. Como aguardaram ansiosamente por esse momento. Momento tão lindo, tão mágico, tão puro. Parecem estar em uma outra dimensão. E estão. Na dimensão da paixão... Conversam um pouco mais, se beijam muito mais e se despedem com os corações apertados por terem que deixar um ao outro naquele dia tão especial. Se pudessem, ficariam ali, naquele estado para sempre. Mas vão, esperando ansiosamente pela próxima vez que se verão e se beijarão novamente.

sábado, 19 de março de 2011

Psirico com Maria Bethânea é arte contemporânea?


Por Dani Moreira

Oi pessoas! E ai, tudo bem com vocês? Espero que sim! Bom, hoje quero compartilhar com vocês uma discussão bastante interessante e rica, apresentada em sala de aula em uma disciplina que julgo ser bastante importante para minha formação. A disciplina é LET A 31- Leitura de Produções Artísticas, ministrada pela professora Laura Castro. E no primeiro dia de aula, fomos provocados com a seguinte questão: Psirico com Maria Bethânia é Arte Contemporânea? Ai já viu não é? Várias opiniões acerca da questão. Mas estou aqui para falar da minha opinião, do que eu acho, do que penso de tudo isso.

Bem, antes de qualquer coisa, teríamos que definir o conceito de arte/arte contemporânea. Coisa que acho bem complicado e delicado. Pesquisando na net, vi que há uma gama de conceitos para definir arte. Diante de tudo que li e ouvi em sala de aula, não me sinto nem um pouco confortável, para conceituar arte. É um conceito muito amplo. E quais seriam os critérios para se definir arte? Acredito que vai muito em relação ao gosto e a opinião das pessoas.

Em se tratando de Psirico e Maria Bethanea, juntos ou separados, creio que podem sim fazer parte do que chamamos ou achamos que é arte contemporânea. A diferença é que alcançam públicos diferentes. Eu, pessoalmente, não gosto de nenhum dos dois, porém, não me sinto no direito de excluir nenhum deles do conceito artístico, por que, pode não ser arte para mim, mas certamente o é para uma multidão.

O Psirico é uma banda de pagode de Salvador, que alcança o "povão". Um colega disse que a "galera" se identifica com eles. E é verdade. Eles tem muitas letras que não são interessantes, mas muitas contam a realidade da população menos favorecidas. Eles contam uma realidade. Por exemplo, tem uma música que conta o drama do pessoal que perde suas moradias em época de chuvas, é bem emocionante até. Como vou poder julgar como artístico ou não, se além disso, conseguem arrastar uma massa? É uma questão ideológica, cultural.

Maria Bethânia, por sua vez, é uma cantora da MPB, também é baiana e segundo a Wikipedia, é a segunda artista feminina com a maior vendagem de discos no Brasil.Além de ser considerada uma das maiores interpretes de sua geração. Alcança um público diferente do Psirico, porém, também tem uma imensidão de seguidores .

O que percebo ai é uma dicotomia de culturas, onde existem a "alta cultura" e a "baixa cultura". É uma questão de ideologia mesmo, de opinião, onde, a vontade da elite tenta prevalecer, só que não é por ai, a população tem sua própria opinião. Como já afirmei acima, não me agrada nenhum dos estilos em discussão, mas nem por isso posso julgar que não são arte, só porque não gosto.

É isso, fica ai a reflexão:Psirico com Maria Bethânea é arte contemporânea? Espero que vocês tenham gostado e imprimam suas opiniões, comentando esse post.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Três elementos corporais; Três elementos musicais.


Por Dani Moreira

A música fala tudo o que penso, o que sinto e até o que sou.
A música marca momentos de alegria e de dor.
A música revela o meu interior.

Cantar me faz bem, muito bem.
Cantar me deixa mais perto de Deus.
Cantar faz feliz meu coração.

Não creio em magia, mas parece mágica!
Três elementos corporais, três elementos musicais:
O ritmo, mexe com nossos sentidos corporais,
A harmonia, com nosso intelecto,
A melodia, vai direto às nossas emoções...

Três elementos corporais,
Três elementos musicais,
Que fazem parte de nós...







sexta-feira, 11 de março de 2011


Por Dani Moreira

Eu queria cantar pra você à beira do mar.
Queria viver e com muito carinho te amar.
Pela manhã, ao teu lado estar,
No inverno te aquecer,
No fundo dos teus olhos, olhar.

De noite, de manhã, quando o sol brilhar,
Sem me importar com o momento, nem com a estação,
Você sentiria meu cheiro, sentiria meu amor,
Incondicionalmente queria cuidar de ti.

Me perder no teu doce olhar,
Era poesia, sonho e realidade.
Meu cantar, doce amar...
Nos teus sonhos, também, viveria
Seria teu refúgio, teu guia
Ao teu lado estaria,
Inexoravelmente te amaria...

Por Dani Moreira

Tudo começou subtamente
e de subto se findou
Os anos se passaram
e as lembranças não me deixam
Lembro do teu sorriso ao me encontrar
lembro da sua carinha triste
ao ter que me deixar
Nossos beijos, sob a luz do luar
Ah! Saudade, me deixa
Ah! Lembrança, me deixa
Acabou, a muito, já está tudo acabado!
Não adianta recordar
Não adianta chorar
Tudo passou
Tudo ficou pra trás
Não volta nunca mais
NUNCA mais...

O Silêncio

Uma bolha sobe do fundo do mar
Uma palavra sobe das funduras do silêncio
Inesperada, emissária de um mundo esquecido
Nosso mistério, nossa oração
Há palavras que dizemos e outras que se dizem
Existem em nós, não atendem a nossa voz
"São como o vento que sopra onde quer
Se ouvirmos o sopro, palavras de oração"
Pássaro selvagem que mora em nós
Longe do que nós sabemos, no lugar dos sonhos
Fora da morada dos pensamentos
Temos medo das palavras que se dizem
Por isso falamos, palavras contra palavras
Quando orares, não sejais como artistas
"Que falam palavras que não são suas,
que usam máscaras decoradas"
Entra no silêncio, longe dos outros
Que as palavras se dirão, depois da espera
Entra no silêncio, longe dos muitos
E escuta uma única palavra
Que irá subir do fundo do mar
Basta ouvir uma vez e depois, o silêncio.
( Catedral)

quarta-feira, 9 de março de 2011

A ROSA - Pixinguinha


Uma linda homenagem a todas as mulheres, guerreiras da nossa nação. Especialmente para as mulheres da minha vida: minha mãe, Jandira, minhas avós, Francisca e Judite, minha madrinha, Bibi, minha tia Rose, minha amada prima Pati e todas as minhas amigas... Feliz dia da mulher, que para mim, são todos os dias....


Tu és, divina e graciosa estátua majestosa
do amor, por Deus esculturada
e formada com o ardor,
da alma da mais linda flor, de mais ativo olor
e que na vida é a preferida pelo beija-flor.

Se Deus lhe fora tão clemente aqui neste oriente de luz
formada numa tela deslumbrante e bela,
teu coração, junto ao meu lanceado
pregado e crucificado sobre a rosa cruz do arfante peito teu

Tu és a forma ideal, estátua magistral
oh alma perenal, do meu primeiro amor, sublime amor.

Tu és de Deus a soberana flor
Tu és de Deus a criação de todo o coração
cintilas um amor
o riso, a fé, a dor em sândalos olentes cheios de sabor
em vozes tão dolentes quanto um sonho em flor
És láctea estrela, és mãe da realeza
és tudo enfim que tem de belo,
todo o resplendor da santa natureza
Perdão se ouso confessar-te, eu hei de sempre amar-te
Oh flor! Meu peito não resiste,
Ah, meu Deus o quanto é triste,
a incerteza de um amor que mais me faz penar
em esperar em conduzir-te um dia aos pés do altar
Jurar, aos pés do onipotente
em versos comoventes de luz,
e receber a unção da tua gratidão,
depois de remir, teus desejos
em nuvens de beijos hei de envolver-te
até o meu padecer, de todo fenecer

sexta-feira, 4 de março de 2011

Teu Poeta


Ai vai a tradução de Tu poeta de Alex Campos

Quando acordei ali estava tu
Aquela mulher no qual sonhei
Toquei em ti e em seus lábios beijei
E em seu coração me refugiei
Bate o coração, meu coração bate por ti
E se eu canto e choro é para ti
Minha vida inteira te dou
Já não tenho medo, aqui estou

(Refrao)
Seu poeta e seu verão
O silencio de minha voz dizendo te amo
Minha princesa minha primavera
Minha ternura e meu amor a vida inteira

Me conheces bem, sempre te amarei
Mesmo estando longe, aqui estarei
Serei teu poeta e tua razão de ser
Tu serás minha rainha, minha única mulher
Você será meu alento, meu éden
Meu eterno romance, confidente fiel
És pra sempre o Amor da minha vida
Água deste rio que vou beber

(Refrao)
Seu poeta e seu verão
O silencio de minha voz dizendo te amo
Minha princesa minha primavera
Minha ternura e meu amor a vida inteira

(Refrao)
Seu poeta e seu verão
O silencio de minha voz dizendo te amo
Minha princesa minha primavera
Sou um garoto apaixonado
O desenho do teu sonho em mim guardado
Minha borboleta
Prisioneira deste amor que nos une
Que nos une

Tu Poeta

Olha que linda música do Alex Campos... letra, e vídeo para vocês conferirem... Apaixonante...




Cuando desperté allí estabas tú
Aquella mujer con la que soñé
Le vestí la piel sus labios bese
Y en su corazón allí me refugie
Late el corazón late hoy por vos
Y si canto y lloro canto para ti
Que mi vida entera toda te la doy
Ya no tengas miedo yo aquí estoy

(Coro)
Tú poeta y tu verano
El silencio de mi voz diciendo te amo
Mi princesa mi primavera
Mi ternura y mi amor por vez primera

Me conoces bien siempre te amare
Aunque estemos lejos yo aquí estaré
Seré tu poeta tu razón de ser
Tu serás mi reina mi única mujer
Tu serás mi aliento serás mi edén
Mi eterno romance confidente fiel
Niña consentida amor de mí ser
Agua de este río que yo beberé

(Coro)
Tú poeta y tu verano
El silencio de mi voz diciendo te amo
Mi princesa mi primavera
Mi ternura y mi amor por vez primera

Tú poeta y tu verano
El silencio de mi vos diciendo te amo
Mi princesa mi primavera
Mi ternura y mi amor por vez primera
Soy un niño enamorado
El diseño de tu sueño en mi plantado
Consentida mariposita
Prisionera de este amor que no se rinde
...que no se rinde....heeee....

quinta-feira, 3 de março de 2011

COISAS QUE SÓ ACONTENCEM NA BAHIA.

Oi pessoas, recebi esse texto no orkut e achei engraçado, espero que vocês também gostem.....só não gostei da piada sem graça que fizeram com meu VITÓRIA,mas o resto é legal...

1º) SER PRESO NA LIBERDADE.
2º) FUMAR NO CAMPO DA PÓLVORA.
3º) TOMAR BANHO DE MAR NO RIO VERMELHO.
4º) PASTOR EVANGÉLICO MORAR NA CAPELINHA DE SÃO CAETANO.
5º) ATRAVESSAR A RUA NA CALÇADA.
6º) MORAR NO URUGUAI E TRABALHAR EM ROMA.
7º) FALTAR ÁGUA NA CAIXA D'ÁGUA.
8º) ADULTO TOMAR BANHO NA ÁGUA DE MENINOS.
9º) CANDOMBLÉ NO TERREIRO DE JESUS.
10º) MORRER NA SEXTA E SER ENTERRADO NAS QUINTAS... DOS LÁZAROS.
11º) CONFUSÃO NA RUA DO SOSSEGO.
12º) BRIGAS NO BAIRRO DA PAZ.
13º) NÃO ENCONTRAR APOIO NA RUA D'AJUDA.
14º) JOVENS NA PRAÇA DOS VETERANOS.
15º) NÃO DAR ESMOLAS NA PRAÇA DA PIEDADE.
16º) CASAS VELHAS NA CIDADE NOVA.
17º) LAGOA DE ÁGUA DOCE DENTRO DE VILAS DO ATLÂNTICO.
18º) ACIDENTE AUTOMOBILÍSTICO NA BOA VIAGEM.
19º) ASFALTO NO CAMINHO DE AREIA.
20º) SER TORCEDOR DO BAHIA E MORAR NO CORREDOR DA VITÓRIA.
21º) LUZ NA MATA ESCURA.
22º) LER A TARDE TODOS OS DIAS PELA MANHÃ.
23º) MORAR NA SAÚDE E FICAR DOENTE.
24º) UM CLUBE QUE NUNCA FOI CAMPEÃO BRASILEIRO COM O NOME DE: VITÓRIA.

A página virou


Oi pessoas, tudo bem com vocês?? Esse texto é de uma amiga muito querida, muito especial. Eliana D'Anunciação, estuda comigo, lá na UFBA. Espero que vocês gostem...

Eu não queria, mas num simples dia fui forçada.
Supliquei para que não colocasse um ponto final,
Assim, tão derrepente ao menos pra mim.
Mas você não se importou
Jogou no lixo todo amor e carinho que
coloquei em suas mãos.
Sem ao menos olhar pra trás!
Queria que você voltasse atrás,
mas o querer não é poder,
sinto em te dizer, porém a realidade dói.
Você foi e a página virou.
O livro guardei na memória do meu coração.
O tempo não volta e a ele sou aliada
para que apague a falta que você me faz.

(Eliana D'Anunciação, estudante de Letras Vernáculas pela UFBA- Universidade Federal da Bahia.)

Chega mais perto e contempla as palavras.
Cada uma
tem mil faces secretas sob a face neutra
e te pergunta, sem interesse pela resposta,
pobre ou terrível que lhe deres:
Trouxeste a chave?

(Carlos Drummond de Andrade)

Frase do dia

"Estude como se você fosse viver para sempre. Viva como se você fosse morrer amanhã."

quarta-feira, 2 de março de 2011

terça-feira, 1 de março de 2011