domingo, 9 de novembro de 2014

Você não pode (ou não quer) me dar

Já não quero mais você. Já não te quero mais. Por tudo o que desejo para minha vida, você não serve, não se encaixa. E não por que eu não queira, mas por que você não quer. Sabe, o que eu quero você não pode (ou não quer) me dar. E ai vai a lista, que é gigante, mas tentarei resumi-la apresentando-lhe apenas o que tomo por prioridade.

Em primeiro lugar, quero viver as delícias e dores de um relacionamento sério, sim, sério, mas não para mudar o status do facebook, mas para mudar a vida em alguma medida . Com aquelas coisas mais bregas e mais piegas que o caracterizam, sabe? Uma saída na tarde de domingo para tomar um sorvete, passeando de mãos dadas, é claro. Ou, então, passar a tarde de um outro domingo chuvoso ou um sábado à noite qualquer, vendo um filme como desculpa só para ficar e dormir agarradinhos. Aquelas ligações no fim da tarde, só para saber como foi ou dia, ou ainda ligações no meio do dia, só para surpreender.

E quanto ao sexo, ah! sexo tem que ser com amor. Não que eu não goste de sexo com você, é sempre muito bom, verdade, mas o que quero mesmo é olhar no fundo dos olhos enquanto amo e sou amada (RECIPROCIDADE), sentir o carinho, o toque das mãos percorrendo pelo corpo, tudo isso regado a longos beijos apaixonados, e isso não significa que não haja espaço para uma pegada mais forte, logicamente ela faz parte e está incluída, entende?  Não, você não entende. Se entendesse, eu não teria que estar aqui, escrevendo esse texto para lhe explicar. Já não dá para ficar por ficar, transar por transar. Quero alguém que fique mais um pouco, e que não saia desesperado como se o mundo estivesse acabando ou estivéssemos diante de uma tragédia iminente, o apocalipse, ou  sei lá o que. Não dá. Quero conversar um pouco depois do amor sexo, transa, seja lá como se defina, quero descansar ao seu lado, essas coisas que casais normais fazem, sabe? Quero até brigas, para poder ter aquela reconciliação, se é que você me entende...

 Sabe, como diz a canção, eu só quero um amor que acabe o meu sofrer (ACABE). Um namoradinho, um carinho gostoso, um xodó. Alguém que se preocupe comigo e com quem eu também possa me preocupar (RECIPROCIDADE). E isso você não pode (ou não quer) me dar.

2 comentários:

Não esqueça de deixar seu comentário. Ficarei muito grata.